Histórias de Tia Nastácia (Monteiro Lobato)

Capa criada por Cláudio Martins para o livro Histórias de Tia Nastácia, do escritor brasileiro Monteiro Lobato (1882-1948), publicado no Brasil a partir de agosto de 2009 pela editora Globo (a partir de 2012 pelo selo Globinho), dentro da coleção Monteiro Lobato – Obra Infantojuvenil. Publicado originalmente em 1937. Ilustrado por Cláudio Martins.

Sinopse: Quem inventou as histórias de João e Maria, da raposa faminta, de Manoel da Bengala ou do pulo do gato? Elas fazem parte do folclore. São relatos, casos, superstições e ditados que o povo repete de geração em geração, dos pais para os filhos. Recebem pequenas modificações aqui e ali até serem recolhidas pelos escritores e entrarem para livros como este, escrito por Monteiro Lobato! [fonte: contracapa do livro]

Depois de pesquisar e escrever sobre o Saci, Monteiro Lobato reuniu o melhor das fábulas clássicas com os mais conhecidos contos do folclore brasileiro. Tia Nastácia sabe contar casos como ninguém. Neste livro, ela vai revelando aos moradores do Sítio do Picapau Amarelo todas as histórias que ouviu de seus pais quando era criança. Sentada na varanda da casa de Dona Benta, ela deixa todo mundo deslumbrado com a sua memória. Pedrinho, Narizinho e Emília fazem comentários que deixam as narrativas ainda mais divertidas. Lançado pela primeira vez em 1937, este livro traz 43 histórias do folclore contadas por Tia Nastácia, a cozinheira que sacia a fome dos moradores do Sítio e alimenta a imaginação de todos. [fonte: orelha do livro]

Se folclore é a sabedoria do povo (do inglês folk, povo e de lore, sabedoria), quem melhor que Tia Nastácia para contar histórias e causos do folclore nacional? Em torno da cozinheira do Sítio do Picapau Amarelo, Pedrinho, Narizinho e Emília passam horas ouvindo desde clássicas fábulas da literatura mundial a contos populares brasileiros. Este livro é o resultado do trabalho de pesquisa que Monteiro Lobato fez na coleta de todas essas histórias. Lançado pela primeira vez em 1937, agora as 43 histórias contadas por Tia Nastácia ganham as ilustrações de Cláudio Martins. [fonte: site da editora]

As 43 histórias folclóricas que compõe essa edição são: O bicho Manjaléu; O Sargento Verde; A princesa ladrona; O pássaro preto; A raposinha; O homem pequeno; A moura-torta; A madrasta; Manuel da Bengala; João e Maria; O bom diabo; A fonte das Três Comadres; A rainha que saiu do mar; A formiga e a neve; João Esperto; O caçula; A cumbuca de ouro; A mulher dengosa; O cágado na festa do céu; O rabo do macaco; O macaco e o coelho; O macaco e o aluá; O macaco, a onça e o veado; O veado e o sapo; A onça e o coelho; O pulo do gato; O doutor Botelho; A raposa e o homem; O pinto sura; O jabuti e o homem; O jabuti e a caipora; O jabuti e a onça; O jabuti e a fruta; O jabuti e o lagarto; O jabuti e o jacaré; O jabuti e os sapinhos; A raposa faminta; O camponês ingênuo; A história dos macacos; O rato orgulhoso; Peixes na floresta; O alcatraz e o eider; História dos dois ladrões.
contracapa

Essa edição do livro contém um prefácio intitulado “As fábulas de Monteiro Lobato”, escrito por Marcia Camargos.

Adaptações para televisão: Sítio do Picapau Amarelo (1952-1962, série, TV Tupi), Sítio do Picapau Amarelo (1964, série, TV Cultura), Sítio do Picapau Amarelo (1967-1969, série, TV Bandeirantes), Sítio do Picapau Amarelo (1977-1986, série, TV Globo), Sítio do Picapau Amarelo (2001-2007, série, TV Globo) e Sítio do Picapau Amarelo (2012-2014, série animada, TV Globo).

Conheça outras capas desse título, autor, editora, coleção/série ou capista nos marcadores abaixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário