Páginas

Armistead Maupin: Outras histórias de uma cidade (1983)

Further Tales of the city. Armistead Maupin. Harper & Row. Serie Tales of the city, #3. 1982.
Primeira Edição
Outras histórias de uma cidade é um romance do escritor norte-americano Armistead Maupin, publicado originalmente nos Estados Unidos em 1982 pela editora Harper & Row, com o título Further tales of the city. De temática LGBT, é o terceiro volume da série literária Tales of the city (Histórias de uma cidade), composta de 9 títulos. Os textos foram publicados originalmente no formato de folhetim na coluna do autor no jornal San Francisco Chronicle. [+Capas: Armistead Maupin

Esta obra é o terceiro livro uma coleção de seis, onde o jornalista do San Francisco Chronicle, Armistead Maupin, retratou em sua coluna, a cidade que vive e seus costumes e personagens. Este livro, conta a história de vários personagens, como Anna Madrigal, a dona da pensão da Barbary Lane, que aprisiona uma apresentadora de telejornal no porão, o romântico Michael Tolliver vai ao National Gay Rodeo procurando distração e, quem sabe, alguma garota interessante; DeDe Halcyon Day e Mary Ann Singleton seguem pistas que podem leva-los a um psicopata em algum lugar do Alaska, e a colunista social Prue Giroux que se envolve com um sem-teto que vive em um parque em São Francisco. [fonte: contracapa da edição brasileira] Em 1981, Mary Ann Singleton trabalha como apresentadora de produtos num programa de exibição de filmes na TV, mas almeja fazer parte da equipe de jornalismo da emissora. Ela e Brian Hawkins estão em um relacionamento sério. Separado do médico Jon, Michael Tolliver procura o amor em alguns relacionamentos casuais. Quando DeDe volta com seus gêmeos da Guiana, ela conta a Mary Ann que viveu durante um tempo no acampamento de Jim Jones, um fanático religioso que induziu os membros de sua seita a cometerem suicídio coletivo. Para DeDe, Jim Jones continua vivo e Mary Ann acredita que esse é o furo jornalístico que ela precisa para crescer em sua carreira. 

Os 9 livros da série Tales of the city (Histórias de uma cidade) são: Tales of the city (1978) [no Brasil: Histórias de uma cidade], More tales of the city (1980) [no Brasil: Mais histórias de uma cidade], Further tales of the city (1982) [no Brasil: Outras histórias de uma cidade], Babycakes (1984), Significant others (1987), Sure of you (1989), Michael Tolliver lives (2007), Mary Ann in Autumn (2010) e The days of Anna Madrigal (2014).

Armistead Maupin: Novas histórias de uma cidade (1980)

More tales of the city. Armistead Maupin. Harper & Row. Serie Tales of the city, #2. 1980.
Primeira Edição
Novas histórias de uma cidade é um romance do escritor norte-americano Armistead Maupin, publicado originalmente nos Estados Unidos em 1980 pela editora Harper & Row, com o título More tales of the city. De temática LGBT, é o segundo volume da série literária Tales of the city (Histórias de uma cidade), composta de 9 títulos. Os textos foram publicados originalmente no formato de folhetim na coluna do autor no jornal San Francisco Chronicle[+Capas: Armistead Maupin].

Em 1977, Mary Ann Singleton e Michael Tolliver (Mouse) fazem um cruzeiro para o México com o dinheiro que Edgar Halcyon, o patrão falecido de Mary, deixou para ela. Durante a viagem, Mary inicia um romance com Burke Andrew, um rapaz que não lembra de seu passado em São Francisco devido à uma amnésia. Já Michael reinicia seu relacionamento com o médico Jon Fielding, após um tempo afastados. De volta a São Francisco, Mary Ann tenta ajudar seu namorado a descobrir o motivo de ele ter perdido sua memória, aparentemente depois de um evento traumático. Enquanto isso, Anna Madrigal revela detalhes sobre seu passado.

Os 9 livros da série Tales of the city (Histórias de uma cidade) são: Tales of the city (1978) [no Brasil: Histórias de uma cidade], More tales of the city (1980) [no Brasil: Novas histórias de uma cidade], Further tales of the city (1982) [no Brasil: Outras histórias de uma cidade], Babycakes (1984), Significant others (1987), Sure of you (1989), Michael Tolliver lives (2007), Mary Ann in Autumn (2010) e The days of Anna Madrigal (2014).

Armistead Maupin: Histórias de uma cidade (1978)

Tales of the city. Armistead Maupin. Harper & Row. Serie Tales of the city, #1. 1978.
Primeira Edição
Histórias de uma cidade é um romance do escritor norte-americano Armistead Maupin, publicado originalmente nos Estados Unidos em 1978 pela editora Harper & Row, com o título Tales of the city. De temática LGBT, é o primeiro volume da série literária Tales of the city (Histórias de uma cidade), composta de 9 títulos. Inicialmente, os textos que compõem o livro foram publicados no formato de folhetim nos jornais Pacific Sun (em 1974) e San Francisco Chronicle, na coluna do autor. [+Capas: Armistead Maupin]

Em 1976, Mary Ann Singleton viaja de Cleveland (Ohio) para São Francisco (Califórnia) para passar alguns dias e conhecer a cidade. Mas a jovem se apaixona pela lugar e decide ficar, informando sua mãe da decisão em uma ligação telefônica. Ela arruma um apartamento em Barbary Lane, número 28. É um pequeno complexo de várias casas construídas uma em cima da outra, onde sua proprietária, a misteriosa Anna Madrigal, cultiva um lindo jardim, inclusive com plantação de maconha, que oferece a seus inquilinos. Em Barbary Lane, Mary Ann entra em contato com os outros moradores da pensão: Mona Ramsey, uma publicitária, cujo melhor amigo, Michael Tolliver, conhecido pelo apelido Mouse (Rato), é um gay desempregado que vive com ela no apartamento; Brian Hawkins, um garçom que sai com muitas mulheres,  mas não se apega a nenhuma; e, Norman Neal Wiliiams, um tímido e misterioso vendedor de vitaminas que vive na cobertura. Mona consegue um emprego de secretária para Mary Ann na agência de Edgar Halcyon, onde ela passa a ser assediada por Beauchamp Day, o genro de Edgar, casado com a infeliz DeDe. Quando finalmente Mary cede aos avanços de Beauchamp, ele não consegue manter a ereção. Ao mesmo tempo, devido a constante ausência sexual do marido, DeDe se envolve com o Lionel, um jovem chinês de 18 anos, de quem engravida. Após a decepção com Mary, Beauchamp frequenta uma sauna gay e lá conhece o médico Jon Fielding, o ginecologista de DeDe, e passam a ter um caso. Mas Jon acaba conhecendo Michael, com quem passa a ter um romance, fugindo assim das constantes investidas de Beauchamp. Mas as histórias cruzadas dos personagens não terminam por aí. Mary passa a ter uma amizade com seu vizinho Norman, que se mostra alguém que esconde algum segredo, enquanto Edgar passa a ter um romance extraconjugal com Anna.

Os 9 livros da série Tales of the city (Histórias de uma cidade) são: Tales of the city (1978) [no Brasil: Histórias de uma cidade], More tales of the city (1980) [no Brasil: Novas histórias de uma cidade], Further tales of the city (1982) [no Brasil: Outras histórias de uma cidade], Babycakes (1984), Significant others (1987), Sure of you (1989), Michael Tolliver lives (2007), Mary Ann in Autumn (2010) e The days of Anna Madrigal (2014).

Luis Eduardo Matta: Morte no colégio (2007)

Morte no colégio. Luiz Eduardo Matta. Editora Ática (São Paulo-SP). Coleção Vaga-Lume. 2007. ISBN: 978-85-08-10775-9. Ilustrações de Fábio Moon e Gabriel Sá.
Primeira Edição
Morte no colégio é uma novela juvenil do escritor brasileiro Luis Eduardo Matta, publicado originalmente no Brasil em 2007 pela editora Ática. Entre os temas abordados no livro estão a configuração da estrutura familiar diferente da tradicional (os protagonistas da história são órfãos e criados pelo tio), histórias policiais de crime e mistério, as civilizações antigas, a filosofia de Sócrates e Platão, o mito do contimente perdido de Atlântida, o comércio de drogas dentro das escolas brasileiras. [+Capas: Luis Eduardo Matta]

Ivan nunca poderia imaginar que, de uma hora para outra, se veria envolvido em tantos enigmas... a começar pelas mensagens anônimas ameaçando sua vida. E, logo em seguida, por um misterioso assassinato na escola em que estuda! Isso sem contar as atitudes suspeitas que vive presenciando no intervalo das aulas... Como se não bastassem tantos mistérios, parece que tudo o que vem acontecendo tem forte relação com um dos maiores enigmas de todos os tempos, o mito de Atlândida - o continente perdido que, em um passado muito distante, teria sido engolido pelo mar. Ivan, Sofia e tio Fausto vão enfrentar riscos de todos os tipos para desvendar tantos enigmas e juntar as peças desse complexo quebra-cabeça. Junte-se a eles nessa aventura - e prepare-se para muita emoção! [fonte: contracapa da edição de 2007, Editora Ática]

Luiz Antonio Aguiar: Operação Nova York (2000)

Operação Nova York. Luiz Antonio Aguiar. Editora Ática. Coleção Vaga-Lume. 2000 / 2006 / 2008 / 2013. ISBN: 85-08-07435-2 (aluno), 85-08-07436-0 (professor) e 978-85-08-07435-8 (2008). Capa de Gonzalo Cárcamo (ilustração) e Ary de Almeida Normanha (leiaute). Ilustrações de Cárcamo (Gonzalo Cárcamo).
Primeira Edição
Operação Nova York é um livro juvenil do escritor brasileiro Luiz Antonio Aguiar, publicado originalmente no Brasil em 2000 pela editora Ática. [+Capas: Luiz Antonio Aguiar]

Por essa Dôda não esperava. Passar as férias em Nova York era um sonho, mas Joubert, seu pai, precisava levar junto Marinara, a chata da namorada dele? E, para piorar, eles ficam justamente num hotel onde não falta nada: alarmes falsos, roubos, sequestros e até assassinatos! De repente, Dôda se vê envolvida com gangsters numa superintriga internacional. Ela vai precisar de muito sangue-frio para libertar seu pai das garras dos bandidos. Ufa! Com essa adrenalina toda, será que Dôda vai conseguir conhecer a Nova York dos seus sonhos? [fonte: contracapa da edição de 2000, Editora Ática]

Sylvia Orthof: A limpeza de Teresa (1983)

A limpeza de Teresa. Sylvia Orthof. Editora Ática. Coleção Lagarta Pintada. 1983-2005 (1ª a 11ª edição). ISBN: 85-08-02822-9 (1988). Capa de Sonia Maria de Souza (lustração). Ilustrações de Sonia Maria de Souza.
Primeira Edição
A limpeza de Teresa é um livro infantil da escritora brasileira Sylvia Orthof, publicado originalmente no Brasil em junho de 1983 pela editora Ática. O livro, um conto rimado, é indicado para crianças em inicio de alfabetização (6-7 anos) e tem como temática a mania de limpeza e higienização.

Teresa tem mania de limpeza, então sai esfregando tudo que vê pela frente: chão, gato, bananeira, mesa, avião... Cuidado! Se ela estiver por perto, nem você vai escapar da faxina! [fonte: contracapa da edição de 2008] Quem será essa Sinhá Teresa, que tem mania de limpeza, e que vai parar em Veneza, limpando com seus panos os turistas americanos? [fonte: site da editora]

Lúcia Pimentel Góes: A girafa e o mede-palmo (1984)

A girafa e o mede-palmo. Lúcia Pimentel Góes. Editora Ática. Coleção Lagarta Pintada. 1984-1998 (1ª a 5ª edição). ISBN: 85-08-00592-X (1987). Capa de Maria Cecília Marra (ilustração). Ilustrações de Maria Cecília Marra.
Primeira Edição
A girafa e o mede-palmo é um livro infantil da escritora brasileira Lúcia Pimentel Góes, publicado originalmente no Brasil em outubro de 1984 pela editora Ática. O livro, uma fábula moderna de acumulação, é indicada para crianças em inicio de alfabetização (6-7 anos) e tem como temática a solidariedade.

A girafa Benedita é tão distraída que acaba presa entre os galhos de uma árvore. Ela fica desesperada! O minúsculo mede-palmo promete ajudá-la. Será que o bichinho vai conseguir tirar a grande Benedita desse apuro? [fonte: contracapa da edição de 2010] Como um pequeno mede-palmo pode soltar uma girafa presa no alto de uma árvore? [fonte: Coletivo Leitor]

Lúcia Pimentel Góes: A maior boca do mundo (1984)

A maior boca do mundo. Lúcia Pimentel Góes. Editora Ática. Coleção Lagarta Pintada. 1984-2008. ISBN: 85-08-00593-8 (1985), 85-08-00761-2 (1986), 85-08-01757-X (1984), 85-08-02823-7 (1988) e 978-85-08-02823-8 (2007). Capa de Cláudia Scatamacchia (ilustração). Ilustrações de Cláudia Scatamacchia.
Primeira Edição
A maior boca do mundo é um livro infantil da escritora brasileira Lúcia Pimentel Góes, publicado originalmente no Brasil em dezembro de 1984 pela editora Ática. O livro é indicada para crianças em ínicio de alfabetização (6-7 anos) e tem como temática a curiosidade natura das crianças pequenas.

Laurinha é uma menina muito perguntadeira. Mas, um dia, ela é que tem de buscar a resposta para uma pergunta difícil, feita pela vovó. [fonte: Coletivo Leitor] Laurinha sai por aí querendo saber qual é a maior boca do mundo. Sua amiga Zelita é dona de uma boca e tanto! Ah, mas a boca do sapo é bem maior, que parece pequena se comparada à do tubarão, que... [fonte: contracapa da edição de 2010]

Giselda Laporta Nicolelis: O exercício da paixão (1985)

O exercício da paixão. Giselda Laporta Nicolelis. Editora Nobel. 1985. ISBN: 85-2130327-0.
Primeira Edição
O exercício da paixão é uma autobiografia da escritora brasileira Giselda Laporta Nicolelis, publicada originalmente no Brasil em 1985 pela editora Nobel.

Giselda é escritora (literatura infanto-juvenil). Suas memórias já se utilizam de uma certa crítica feminista. Descendente de imigrantes italianos, sua adolescência transcorre no Brás (São Paulo) nos anos 40. O livro refere-se também à vida profissional mais recente da escrtora. [fonte: revista Mulherio]



Giselda Laporta Nicolelis: Sonhar é possível? (1982)

Sonhar é possível?. Giselda Laporta Nicolelis. Editora Brasiliense. Coleção Jovens do Mundo Todo. 1982-1985 (1ª e 5ª edição). Capa de Miguel Paiva.
Primeira Edição
Sonhar é possível? é uma novela juvenil da escritora brasileira Giselda Laporta Nicolelis, publicado originalmente no Brasil em 1982 pela editora Brasiliense. O livro traz como temática as habitações coletivas, a pobreza, a luta do dia-a-dia pela sobrevivência, os problemas sociais.

Num casarão caindo aos pedações, pessoas lutam duramente pela sobrevivência. Em meio às dificuldades de um único dia, dentro de um espaço tão hostil, seria possível sonhar uma realidade melhor? [fonte: contracapa da edição de 1987] Sonhar é possível? é um relato sensível e comovente de um dia no cortiço do Bixiga, ressaltando as desventuras vividas por seus moradores. São histórias de pessoas que lutam duramente pela sobrevivência, mostrando um pouco desse mundo - o das "habitações coletivas". Localizado na região central da cidade de São Paulo, o bairro do Bixiga abriga casarões antigos, que, por estarem em situação irregular ou abandonados, são transformados em cortiços. Ao retratar os aspectos trágicos da vida de seus moradores, a autora desperta no leitor as perturbantes questões: Nesse ambiente e miséria, violência, injustiças, é possível almejar uma realidade melhor? Afinal, sonhar é possível? [fonte: contracapa da edição de 2009]