Páginas

Flávia Savary: O herói (2010)

O herói. Flávia Savary. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2010-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-385-4104-2. Ilustrações de Jean-Claude R. Alphen.
O herói é um livro infantil da escritora brasileira Flávia Savary (1956), publicado originalmente no Brasil em 2010 pela editora Positivo. A fábula contemporânea traz pra discussão entre as crianças de 8 e 9 anos o tema do comportamento e da convivência com o outro. [+ CAPAS DA ESCRITORA FLÁVIA SAVARY]

O herói desta história usa armadura e espada, mas vive suas aventuras numa grande metrópole dos dias de hoje. Esse pequeno detalhe o torna muito próximo dos “homens comuns”, porém os desafios que ele se dispõe a enfrentar escondem diversas surpresas. De forma bem-humorada e com as divertidas ilustrações de Jean-Claude R. Alphen, O herói brinca com a famosa figura do cavaleiro Dom Quixote, mostrando situações e problemas típicos da sociedade de nosso tempo. [fonte: contracapa do livro]

O herói. Flávia Savary. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2010-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-385-4104-2. Ilustrações de Jean-Claude R. Alphen. [+ CAPAS DA COLEÇÃO CONFABULANDO]

Socorro Acioli: A rendeira borralheira (2009)

A rendeira borralheira. Socorro Acioli. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2009-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-385-2021-4. Ilustrações de Alexandre Camanho.
A rendeira borralheira é um livro infantil da escritora brasileira Socorro Acioli (1975), publicado originalmente no Brasil em 2009 pela editora Positivo. A fábula contemporânea traz pra discussão entre as crianças de 8 e 9 anos o tema do preconceito, da autoestima e da cultura popular brasileira. [+ CAPAS DA ESCRITORA SOCORRO ACIOLI]

A vida na pequena Santa Rita é um tédio na maior parte do ano. Em todo mês de junho, entretanto, sempre acontece uma grande festa que transforma a cidade: a música e os enfeites invadem as ruas, as pessoas preparam deliciosas comidas, as crianças fazem mil e uma brincadeiras, todas as garotas se animam com os preparativos para o concurso de Rainha do Milho. Todas menos uma: Rosalina é uma rendeira que nunca participou do concurso e que sonha em dançar algum dia nessa tão animada festa. Ambientada no Nordeste brasileiro, esta envolvente narrativa de Socorro Acioli recria a famosa história da Gata Borralheira. [fonte: contracapa do livro]

A rendeira borralheira. Socorro Acioli. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2009-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-385-2021-4. Ilustrações de Alexandre Camanho. [+ CAPAS DA COLEÇÃO CONFABULANDO]

Índigo: O quarto pato (2008)

O quarto pato. Índigo. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2008-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-7472-912-1. Ilustrações de Eloar Guazzelli.
O quarto pato é um livro infantil da escritora brasileira Índigo (1971), publicado originalmente no Brasil em 2008 pela editora Positivo. A fábula contemporânea traz pra discussão entre as crianças de 8 e 9 anos o tema das diferenças, identidade e intolerância. [+ CAPAS DA ESCRITORA ÍNDIGO]

Desde o nascimento, Raul enfrenta dificuldades e a resistência da família por ser diferente. Quando as exigências se tornam insuportáveis, ele foge de casa e segue sem rumo em busca de outra forma de vida. É quando ocorre, por acaso, uma situação que vai lhe revelar quem é de verdade. Releitura muito bem-humorada de "O patinho feio", de Hans Christian Andersen, O quarto pato não trata apenas da nossa busca pessoal ou da aceitação do nosso destino. Fala da descoberta de si e da transformação que podemos efetuar em nossas vidas. [fonte: contracapa do livro]

O quarto pato. Índigo. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2008-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-7472-912-1. Ilustrações de Eloar Guazzelli. [+ CAPAS DA COLEÇÃO CONFABULANDO]

Júlio Emílio Braz: À procura de um emprego (2008)

À procura de um emprego. Júlio Emílio Braz. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2008-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-7472-913-8. Ilustrações de Roberto Negreiros.
À procura de um emprego é um livro infantil do escritor brasileiro Júlio Emílio Braz (1959), publicado originalmente no Brasil em 2008 pela editora Positivo. A fábula contemporânea traz pra discussão entre as crianças de 8 e 9 anos o tema do desemprego e do consumismo, especialmente em épocas como o Natal. [+ CAPAS DO ESCRITOR JÚLIO EMÍLIO BRAZ]

Papai Noel é surpreendido em casa por um oficial de justiça que lhe apresenta uma ordem de despejo. Sem dinheiro para pagar os impostos atrasados à prefeitura, pois nunca tinha cobrado nada de ninguém ao presentear as crianças no Natal, decide procurar um emprego na cidade. Depois de inúmeras situações insólitas e engraçadas, Papai Noel faz uma importante descoberta. Criticando com bom humor os costumes natalinos da atualidade, esta fábula contemporânea resgata o verdadeiro espírito do Natal. [fonte: contracapa do livro]

À procura de um emprego. Júlio Emílio Braz. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2008-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-7472-913-8. Ilustrações de Roberto Negreiros. [+ CAPAS DA COLEÇÃO CONFABULANDO]

Adriano Messias: Telefante sem fio (2010)

Telefante sem fio. Adriano Messias. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2010-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-385-4102-8. Ilustrações de Rogério Coelho.
Telefante sem fio é um livro infantil no formato de poema narrativo do escritor brasileiro Adriano Messias (1973), publicado originalmente no Brasil em 2010 pela editora Positivo. A fábula contemporânea traz pra discussão entre as crianças de 2 a 5 anos o tema das brincadeiras infantis e animais e da importância da comunicação. [+ CAPAS DO ESCRITOR ADRIANO MESSIAS]

O elefante levantou a tromba e perguntou se alguém no zoológico tinha um amendoim. O macaco entendeu tudo errado e a confusão começou assim. Como será que essa história chega ao fim? Quem já brincou de telefone sem fio vai se divertir com esta narrativa. Quem ainda não brincou vai conhecer a brincadeira. E todo mundo vai entender por que a comunicação é tão importante para a vida das pessoas. [fonte: contracapa do livro]

Telefante sem fio. Adriano Messias. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2010-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-385-4102-8. Ilustrações de Rogério Coelho. [+ CAPAS DA COLEÇÃO CONFABULANDO]

Flávia Muniz: Toma lá, dá cá (1992)

Toma lá, dá cá. Flávia Muniz.
Toma lá, dá cá é um livro infantil da escritora brasileira Flávia Muniz (1956), publicado originalmente no Brasil em 1992 pela editora Moderna. A fábula contemporânea traz pra discussão entre as crianças de 6 ou 7 anos o tema comportamento e egoísmo. [+ CAPAS DA ESCRITORA FLÁVIA MUNIZ]

Mico Zeca era um macaco comerciante. Tinha muita comida e trocava tudo por um pouco de banana. Um pouco de caju por um pouco de banana. Uma bacia de salada por uma bacia de bananas. Seus negócios iam muito bem, até que o macaco guloso resolveu subir o preço de tudo. Só que os bichos não eram bobos. E o guloso do Mico Zeca aprendeu uma lição! [fonte: contracapa da edição de 1992, Editora Moderna]

Telma Guimarães Castro Andrade: Maria-Fê (2009)

Maria-Fê. Telma Guimarães Castro Andrade. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2009-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-385-1439-8. Ilustrações de Fábio Sgroi.
Maria-Fê é um livro infantil da escritora brasileira Telma Guimarães Castro Andrade (1955), publicado originalmente no Brasil em 2009 pela editora Positivo. A fábula contemporânea traz pra discussão entre as crianças de 6 ou 7 anos o tema do preconceito, conviver com as diferenças e sobre identidade. [+ CAPAS DA ESCRITORA TELMA GUIMARÃES CASTRO ANDRADE]

Maria-Fê é o apelido de Maria-Fedida, um inseto que cheira muito mal, como o próprio nome já diz. Por causa de seu cheiro, não é convidada para a festa da Borboleta. Seu Gambá, no entanto, lhe traz um convite para a festa de aniversário do Ouriço, que será no mesmo dia. Chateada por ter sido excluída da primeira festa, Maria-Fê procura uma loja de perfumes, na tentativa de ficar bem cheirosa. Certa de que vai abafar na casa do Ouriço, Maria-Fê tem uma infeliz surpresa ao chegar lá e volta para casa decepcionada com um comentário do próprio aniversariante. A partir de então, toma uma decisão importante para sua vida. [fonte: contracapa do livro]

Maria-Fê. Telma Guimarães Castro Andrade. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2009-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-385-1439-8. Ilustrações de Fábio Sgroi. [+ CAPAS DA COLEÇÃO CONFABULANDO]

Cláudio Fragata: O mal do Lobo Mau (2009)

O mal do Lobo Mau. Cláudio Fragata. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2009-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-385-2026-9. Ilustrações de Luiz Maia.
O mal do Lobo Mau é um livro infantil em formato de poema narrativo do escritor brasileiro Cláudio Fragata (1960), publicado originalmente no Brasil em 2009 pela editora Positivo. A fábula contemporânea traz pra discussão entre as crianças de 6 ou 7 anos o tema do comportamento. [+ CAPAS DO ESCRITOR Cláudio Fragata]

Esta narrativa em versos conta a divertida história de um Lobo Mau que fica doente e vai parar no hospital. Ali, para sua surpresa, a enfermeira que vem cuidar dele é uma inocente ovelhinha. O comportamento clássico do Lobo Mau é posto a prova, e ele faz de tudo para não sair de perto da ovelha. Afinal, quais são as intenções do malvado? [fonte: contracapa do livro]

O mal do Lobo Mau. Cláudio Fragata. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2009-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-385-2026-9. Ilustrações de Luiz Maia. [+ CAPAS DA COLEÇÃO CONFABULANDO]

Serena Valentino: Malévola, a rainha do mal - A história da fada das trevas (2017)

Malévola: A rainha do mal: A história da fada das trevas. Serena Valentino.
Mistress of all evil: A tale of the Dark Fairy (no Brasil, Malévola: A rainha do mal: A história da fada das trevas) é um livro juvenil da escritora americana Serena Valentino (1970), publicado originalmente nos Estados Unidos em outubro de 2017. [+ CAPAS DA ESCRITORA SERENA VALENTINO]

Era uma vez uma adorável e indefesa donzela que dorme profundamente anos a fio – vítima de uma maldição – antes de ser resgatada pelo belo e corajoso príncipe encantado. Mas essa é apenas a metade da história. E quanto à Fada das Trevas, Malévola? O que a levou de fato a sucumbir à maldade e ao ódio a ponto de desejar o mal de alguém? Por que ela amaldiçoa a princesa inocente? Este é um relato passado ao longo dos séculos. É uma história de amor e de traição, de magia e de fantasia, de perdão e de arrependimento. É a história da Rainha do Mal. [fonte: site da editora, visitado em setembro de 2018]

O livro é o quarto de uma série chamada Villains (no Brasil, Vilões da Disney), publicada nos Estados Unidos pela Disney Press (um selo da Disney Publishing Worldwide), cuja pretensão é contar as origens e motivações dos vilões dos filmes dos estúdios Walt Disney. Por se tratar de um produto Disney, as personalidades dos personagens da história são baseadas nos filmes e não nos contos de fadas originais nos quais os filmes foram baseados. A vilã desse livro é Malévola do filme A bela adormecida (1959). Os livros da série são: Fairest of all: A tale of the Wicked Queen (2009, A mais bela de todas: A história da Rainha Má), The Beast within: A tale of Beauty's prince (2014, A Fera em mim: A história do príncipe da Bela), Poor unfortunate soul: A tale of the Sea Witch (2016, Úrsula: A história da bruxa da pequena sereia), Mistress of all evil: A tale of the Dark Fairy (2017, Malévola: A rainha do mal: A história da fada das trevas) e Mother knows best: A tale of the Old Witch (2018).


Serena Valentino: Úrsula - A história da bruxa da pequena sereia (2016)


Úrsula: A história da bruxa da pequena sereia. Serena Valentino.
Poor unfortunate soul: A tale of the Sea Witch (no Brasil, Úrsula: A história da bruxa da pequena sereia) é um livro juvenil da escritora americana Serena Valentino (1970), publicado originalmente nos Estados Unidos em julho de 2016. [+ CAPAS DA ESCRITORA SERENA VALENTINO]

Descubra neste livro todos os segredos do passado de Úrsula. Desvende qual era o seu papel no reino de Tritão, o motivo de sua expulsão das dependências reais e, principalmente, como ela se transformou na temida Bruxa do Mar, que enfeitiçou a encantadora princesa Ariel. Toda história tem dois pontos de vista, não é mesmo? [fonte: site da editora, visitado em setembro de 2018]

O livro é o terceiro de uma série chamada Villains (no Brasil, Vilões da Disney), publicada nos Estados Unidos pela Disney Press (um selo da Disney Publishing Worldwide), cuja pretensão é contar as origens e motivações dos vilões dos filmes dos estúdios Walt Disney. Por se tratar de um produto Disney, as personalidades dos personagens da história são baseadas nos filmes e não nos contos de fadas originais nos quais os filmes foram baseados. A vilã desse livro é Úrsula do filme A pequena sereia (1989). Os livros da série são: Fairest of all: A tale of the Wicked Queen (2009, A mais bela de todas: A história da Rainha Má), The Beast within: A tale of Beauty's prince (2014, A Fera em mim: A história do príncipe da Bela), Poor unfortunate soul: A tale of the Sea Witch (2016, Úrsula: A história da bruxa da pequena sereia), Mistress of all evil: A tale of the Dark Fairy (2017, Malévola: A rainha do mal: A história da fada das trevas) e Mother knows best: A tale of the Old Witch (2018).

Serena Valentino: A Fera em mim - A história do príncipe da Bela (2014)


A Fera em mim: A história do príncipe da Bela. Serena Valentino.
The Beast within: A tale of Beauty's prince (no Brasil, A Fera em mim: A história do príncipe da Bela) é um livro juvenil da escritora americana Serena Valentino (1970), publicado originalmente nos Estados Unidos em julho de 2014. [+ CAPAS DA ESCRITORA SERENA VALENTINO]

Um príncipe amaldiçoado se isola em seu castelo. Poucos o viram, mas aqueles que conseguiram tal proeza afirmam que seus pelos são exagerados e suas garras são afiadas – como as de uma fera! No entanto, o que levou esse príncipe, que já foi encantador e amado por seu povo, a se tornar um monstro tão retraído e amargo? Será que ele conseguirá encontrar o amor verdadeiro e pôr um fim à maldição que lhe foi lançada? Em A fera em mim, conheça a história por trás de um dos mais cativantes e populares contos Disney de todos os tempos: A Bela e a Fera!  [fonte: site da editora, visitado em setembro de 2018]

O livro é o segundo de uma série chamada Villains (no Brasil, Vilões da Disney), publicada nos Estados Unidos pela Disney Press (um selo da Disney Publishing Worldwide), cuja pretensão é contar as origens e motivações dos vilões dos filmes dos estúdios Walt Disney. Por se tratar de um produto Disney, as personalidades dos personagens da história são baseadas nos filmes e não nos contos de fadas originais nos quais os filmes foram baseados. O vilão desse livro é Fera do filme A Bela e a Fera (1991). Os livros da série são: Fairest of all: A tale of the Wicked Queen (2009, A mais bela de todas: A história da Rainha Má), The Beast within: A tale of Beauty's prince (2014, A Fera em mim: A história do príncipe da Bela), Poor unfortunatesoul: A tale of the Sea Witch (2016, Úrsula: A história da bruxa da pequena sereia), Mistress of all evil: A tale of the Dark Fairy (2017, Malévola: A rainha do mal: A história da fada das trevas) e Mother knows best: A tale of the Old Witch (2018).



Serena Valentino: A mais bela de todas - A história da Rainha Má (2009)


A mais bela de todas: A história da Rainha Má. Serena Valentino.
Fairest of all: A tale of the Wicked Queen (no Brasil, A mais bela de todas: A história da Rainha Má) é um livro juvenil da escritora americana Serena Valentino (1970), publicado originalmente nos Estados Unidos em agosto de 2009. [+ CAPAS DA ESCRITORA SERENA VALENTINO]

Ela é a primeira vilã da Disney. Apesar da beleza exuberante, é invejosa e extremamente má. Capaz até de pedir a um caçador o coração da doce e ingênua princesa do reino, ela chega a envenenar uma maçã para conseguir se livrar de sua rival. Mas toda história tem dois lados, não é verdade? Será que você conhece realmente a origem da Rainha Má? Este livro vai te contar uma história desconhecida até então. Ela é sobre amor e perda, com uma pitada de magia. Descubra aqui o que se esconde por trás do olhar enigmático da mais bela de todas... [fonte: site da editora, visitado em setembro de 2018]

O livro é o primeiro de uma série chamada Villains (no Brasil, Vilões da Disney), publicada nos Estados Unidos pela Disney Press (um selo da Disney Publishing Worldwide), cuja pretensão é contar as origens e motivações dos vilões dos filmes dos estúdios Walt Disney. Por se tratar de um produto Disney, as personalidades dos personagens da história são baseadas nos filmes e não nos contos de fadas originais nos quais os filmes foram baseados. A vilã desse livro é a Rainha Má do filme Branca de Neve e os setes anões (1937). Os livros da série são: Fairest of all: A tale of the Wicked Queen (2009, A mais bela de todas: A história da Rainha Má), The Beast within: A tale of Beauty's prince (2014, A Fera em mim: A história do príncipe da Bela), Poor unfortunate soul: A tale of the Sea Witch (2016, Úrsula: A história da bruxa da pequena sereia), Mistress of all evil: A tale of the DarkFairy (2017, Malévola: A rainha do mal: A história da fada das trevas) e Mother knows best: A tale of the Old Witch (2018).

Rosana Rios: Um tronco no meio do caminho (2010)

Um tronco no meio do caminho. Rosana Rios. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2010-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-385-4128-8. Ilustrações de Mateus Rios.
Um tronco no meio do caminho é um livro infantil da escritora brasileira Rosana Rios (1955), publicado originalmente no Brasil em 2010 pela editora Positivo. A fábula contemporânea traz pra discussão entre as crianças de 6 ou 7 anos a solidariedade. [+ CAPAS DA ESCRITORA ROSANA RIOS]

A onça vai beber água e encontra um tronco no meio do caminho. Ela tenta empurrar o tronco, mas ele nem se mexe. Outros animais se aproximam e também procuram tirar o tronco do lugar, mas nada de ele se mover. Nesta divertida história de Rosana Rios, a solução do problema vem de quem menons se espera. [fonte: contracapa do livro]

Um tronco no meio do caminho. Rosana Rios. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2010-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-385-4128-8. Ilustrações de Mateus Rios. [+ CAPAS DA COLEÇÃO CONFABULANDO]

Carlos Augusto Segato: O raposo e as luvas (2008)

O raposo e as luvas. Carlos Augusto Segato. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2008-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-7472-908-4. Ilustrações de Ricardo Girotto.
O raposo e as luvas é um livro infantil do escritor brasileir Carlos Augusto Segato (1960), publicado originalmente no Brasil em 2008 pela editora Positivo. A fábula contemporânea traz pra discussão entre as crianças de 8 ou 9 anos temas como o desprezo e a pirataria. [+ CAPAS DO ESCRITOR CARLOS AUGUSTO SEGATO]

Régias é um jovem raposo pobre que mora num bairro próximo ao centro da cidade, estuda e trabalha duro numa feira. Num dia chuvoso, Régis vê saindo da casa mais rica do bairro uma bela e jovem raposinha, que derruba um delicado par de luvas ao entrar num carro. Ele tenta avisá-la, mas ela o ignora e Régis vai-se embora com as luvas. Mal sabia ele que esse acontecimento teria um significado especial em sua vida. Parodiando a famosa fábula "A raposa e as uvas", de Esopo, o autor constrói uma narrativa atual e divertida, em que a "moral da história" depende da interpretação de cada leitor. [fonte: contracapa do livro]

O raposo e as luvas. Carlos Augusto Segato. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2008-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-7472-908-4. Ilustrações de Ricardo Girotto. [+ CAPAS DA COLEÇÃO CONFABULANDO]

Tânia Alexandre Martinelli: Penas pro ar (2009)

Penas pro ar. Tânia Alexandre Martinelli. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2009-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-385-1440-4. Ilustrações de Mariângela Haddad.
Penas pro ar é um livro infantil da escritora brasileira Tânia Alexandre Martinelli (1964), publicado originalmente no Brasil em 2009 pela editora Positivo. A fábula contemporânea traz pra discussão entre crianças de 8 e 9 anos temas como o autoritarismo versus o diálogo e sobre a convivência com os outros. [+ CAPAS DA ESCRITORA TÂNIA ALEXANDRE MARTINELLI]

Susi é uma franguinha cheia de iniciativa, que acompanha a mãe numa visita a parentes de um outro galinheiro. Nesse local, fica conhecendo o mandachuva do pedaço, um galo sem nome, folgado, arrogante e autoritário, que ela resolve chamar de Penoso. Depois de um diálogo nada agradável com ele, Susi aproveita o tempo livre para conversar com diversas galinhas do local e fazer propaganda do galo de seu próprio terreiro, conhecido por Arnaldo. Mal sabia ela que estava armando a maior reviravolta nos dois galinheiros. Narrada pela própria protagonista, esta divertida fábula aborda temas importantes sobre a vida em sociedade. [fonte: contracapa do livro]

Penas pro ar. Tânia Alexandre Martinelli. Editora Positivo. Coleção Confabulando. 2009-atualmente (1ª edição). ISBN: 978-85-385-1440-4. Ilustrações de Mariângela Haddad. [+ CAPAS DA COLEÇÃO CONFABULANDO]

Tânia Alexandre Martinelli: Tempo de rosas (2012)

Tempo de rosas. Tânia Alexandre Martinelli.
Tempo de rosas é um livro da escritora brasileira Tânia Alexandre Martinelli (1964), direcionado ao público juvenil (a partir dos 13 anos) e publicado originalmente no Brasil em 2012 pela editora Positivo. O livro traz para o público jovem temas como relacionamento familiar, afetividade, amadurecimento e morte. [+ CAPAS DA ESCRITORA TÂNIA ALEXANDRE MARTINELLI]

Tempo de rosas conta a história de Luciano, um adolescente que, após a morte da mãe, passa a morar com o irmão mais novo na casa do avô. De forma realista, mas também com muita poesia e sensibilidade, a escritora Tânia Alexandre Martinelli retrata o cotidiano dessa família e os dramas vividos pelo protagonista, que em uma fase de transformações se vê obrigado a ter responsabilidades de adulto. [fonte: site da editora, visitado em setembro de 2018]

Sylvio Pereira: Fuga para a esperança (1987)

Fuga para a esperança. Sylvio Pereira. Editora Record. 1987.
Fuga para a esperança é um livro do escritor brasileiro Sylvio Pereira (1911-1995), direcionado para o público adulto e publicado originalmente no Brasil em 1987 pela editora Record. [+ CAPAS DO ESCRITOR SYLVIO PEREIRA]

Uma reportagem, em forma de romance, do cotidiano das metrópoles modernas: assaltos, violência, vítimas inocentes. Com seu tema de paixão, ódio, amor, sangue, Sylvio Pereira nos devenda "a mais inquietadora fisionomia do nosso tempo, a máscara trágica do século XX". [fonte: contracapa do livro]

Fuga para a esperança. Sylvio Pereira. Editora Record. 1987.

Sylvio Pereira: Multidão em fúria (1984)

Multidão em fúria. Sylvio Pereira. Editora Record. 1984.
Multidão em fúria é um livro do escritor brasileiro Sylvio Pereira (1911-1995), direcionado para o público adulto e publicado originalmente no Brasil em 1984 pela editora Record. [+ CAPAS DO ESCRITOR SYLVIO PEREIRA]

Um jovem é assassinado e o suposto culpado é preso. Mas a fúria toma conta dos habitantes da pequena cidade de Espraiado, que decidem fazer justiça com as próprias mãos, provocando um linchamento.

Multidão em fúria. Sylvio Pereira. Editora Record. 1984.

Sylvio Pereira: O preço de um sonho (1983)

O preço de um sonho. Sylvio Pereira. Editora Clube do Livro. 1983. Capa de Beato Ten Prenafeta. Prefácio de Barbosa Lima Sobrinho.
O preço de um sonho é um livro do escritor brasileiro Sylvio Pereira (1911-1995), direcionado para o público adulto e publicado originalmente no Brasil em 1983 pela editora Clube do Livro. [+ CAPAS DO ESCRITOR SYLVIO PEREIRA]

O preço de um sonho. Sylvio Pereira. Editora Clube do Livro. 1983. Capa de Beato Ten Prenafeta. Prefácio de Barbosa Lima Sobrinho.

Sylvio Pereira: Nem a glória do inferno (1978)

Nem a glória do inferno é o primeiro livro publicado do escritor brasileiro Sylvio Pereira (1911-1995). Direcionado ao público adulto, o livro foi publicado originalmente no Brasil em 1978 pela editora Clube do Livro, após ganhar o 1º Prêmio do 4º Concurso Nacional do Clube do Livro. [+ CAPAS DO ESCRITOR SYLVIO PEREIRA]

A história de Rosina começa numa encruzilhada onde a jovem, recém-saída de um colégio, orfanato, aguarda a condução que a levará a uma fazenda, na qual, como dama de companhia, seu compromisso em verdade não será com a velha senhora, mas sim com o próprio destino. [fonte: site Tanlup, visitado em setembro de 2018]

Nem a glória do inferno. Sylvio Pereira. Editora Clube do Livro. 1978. Prefácio de Rubens Texeira Scavone.

Sylvio Pereira: Dólares para Vitória (1981)

Dólares para Vitória. Sylvio Pereira. Editora Vorne. 1981.
Dólares para Vitória é um livro do escritor brasileiro Sylvio Pereira (1911-1995), publicado originalmente no Brasil em 1981 pela editora Vorne. [+ CAPAS DO ESCRITOR SYLVIO PEREIRA]

A contracapa da única edição lançada não trouxe uma sinopse da história, apenas informando que Sylvio Pereira "reafirma seu conceito de escritor numa sátira deliciosa de nossa época". 

Dólares para Vitória. Sylvio Pereira. Editora Vorne. 1981.

Sylvio Pereira: Amor e morte em Atlântida (1994)

Amor e morte em Atlântida. Sylvio Pereira. Editora Paulicéia. 1994 (1ª edição). ISBN: 85-85391-34-0.
Amor e morte em Atlântida é um livro do escritor brasileiro Sylvio Pereira (1911-1995), publicado originalmente no Brasil em 1994. Foi o último livro publicado do autor. [+ CAPAS DO ESCRITOR SYLVIO PEREIRA]

Uma dramática luta pelo poder ameaça destruir Atlântida, e desta vez para sempre. Seus governantes decidem então chamar de volta ao império os legítimos herdeiros do trono, que haviam emigrado. Ao se encontrarem no mundo exterior, com representantes de Atlântida, quatro jovens iniciam uma viagem cheia de riscos, mas que se tornará a maior aventura de suas vidas. [fonte: contracapa do livro]

Amor e morte em Atlântida. Sylvio Pereira. Editora Paulicéia. 1994 (1ª edição). ISBN: 85-85391-34-0.

Honoré de Balzac: Código dos homens honestos (1825)

Code des gens honnêtes (no Brasil, Código dos homens honestos) é um livro do escritor francês Honoré de Balzac (1799-1850), publicado originalmente na França em 1825. O título completo do livro é "Code des gens honnêtes, ou L'Art de ne pas être dupe des fripons" (Código dos homens honestos, ou A arte de não se deixar enganar pelos larápios). No Brasil, o título ganhou sua primeira tradução apenas em 1995 e desde então é reeditado periodicamente pela Editora Nova Fronteira. [+ CAPAS DO AUTOR HONORÉ DE BALZAC]

Balzac é conhecido por sua A Comédia Humana, uma série literária formada por 89 livros, entre romances, novelas e contos, publicadas pelo autor entre 1829 e 1848. Código dos homens honestos é anterior a esse período e "preconiza temas marcantes dos romances de Balzac. Com sua habitual ironia e seu estilo característico, neste manual de sobrevivência contra os larápios e impostos da cidade grande, Balzac nos traz o retrato da sociedade da época, abordando o declínio de valores como honra, segurança e confiabilidade pela imposição cada vez maior do valor econômico de tudo. Seu texto mantém-se extremamente atual, ao revelar a natureza humana centrada no poder do dinheiro e a criatividade daqueles que procuram maneiras ilegítimas de obtê-lo." [fonte: contracapa da edição de 2014, Editora Nova Fronteira]