Páginas

Giselda Laporta Nicolelis: Macapacarana (1981)

Macapacarana. Giselda Laporta Nicolelis. Editora Brasiliense. Coleção Jovens do Mundo Todo. 1982 (1ª edição).
Primeira Edição
Macapacarana é uma novela juvenil da escritora brasileira Giselda Laporta Nicolelis, publicado originalmente no Brasil em 1982 pela editora Brasiliense. Algumas temáticas tratadas no livro estão: o estado do Amapá, diferenças culturais no Brasil, costumes regionalistas, realidade do índio brasileiro, garimpagem, vida na floresta Amazônica.

Gerson Luiz, um garoto de São Paulo, muda-se repentinamente para Macapá, capital do território federal do Amapá, no extremo norte do país. Lá, ele encontra um mundo novo e telúrico, desde a cidade, cheia de contrastes, até o rio Amazonas que banha Macapá pela sua margem esquerda. Mais tarde, abrindo picadas na floresta, navegando pelos rios, ele chega até o garimpo de ouro do pai. Ali, no rude ambiente da serra, ele conhece José, o cozinheiro índio, que vai introduzi-lo nos mistérios da mata e fazê-lo pensar, contestando o que vê à sua volta. Assim, ele descobre a triste realidade do índio brasileiro, aculturado, mendigando pelas estradas, ou morrendo, às dezenas, em desoladas aldeias, dizimadas pela fome e pela doença. E ainda existe o Tocha, o amigo de todas as horas, que conhece Macapá como a palma da mão, e tenta, por todos os meios, formar um time de rugby, onde so se joga futebol. Embarque num batelão, suba o rio com o Gerson Luiz, o Tocha e o índio José, e venha desvendar com eles o mundo fascinante da Amazônia. [fonte: orelha da edição de 1982] [Nota: Na época do lançamento do livro, Amapá era um território federal, mas a partir de 1988 o território foi elevado a estado.]