Páginas

Maria José Dupré: A ilha perdida (1944)

A ilha perdida é o segundo livro infantojuvenil publicado da escritora brasileira Maria José Dupré (1898-1984), na época do lançamento utilizando o pseudônimo Sra. Leandro Dupré. Publicado originalmente no Brasil em 1944 pela Editora Brasiliense, o livro é uma sequência direta do livro infantojuvenil anterior da autora, Aventuras de Vera, Lúcia, Pingo e Pipoca (1943) e foi seguido por duas outras narrativas: A montanha encantada (1945) e A mina de ouro (1946). [+ CAPAS DA ESCRITORA MARIA JOSÉ DUPRÉ]

Os irmãos Henrique e Eduardo estão adorando as férias. Vão ser dias e dias desbravando a fazenda do padrinho em Taubaté, interior de São Paulo. Não podia ser melhor! Mas quando Quico e Oscar, seus primos, falam de uma misteriosa ilha ali perto, no rio Paraíba, os planos de Henrique e Eduardo mudam. Agora eles só pensam em explorar aquela solitário pedaço de terra, conhecida também como a Ilha Perdida. O que encontrarão por lá? Os dois não param os preparativos para a viagem. Haverá onças e outros animais selvagens? O que a densa mata esconde? E, o mais intrigante: será que alguém mora na ilha, como dizem? Ao atravessar o rio em uma pequena canoa, Henrique e Eduardo estão prestes a viver uma aventura muito maior do que imaginavam. [fonte: contracapa da edição de 2011, Editora Ática]



A ilha perdida. Maria José Dupré. Editora Ática. Série Vaga-Lume. 2015-atualmente (41ª edição). ISBN: 978-85-08-17345-7. Capa de Marcelo Martinez, baseado em ilustração original de Edmundo Rodrigues.
A ilha perdida. Maria José Dupré. Editora Ática. Série Vaga-Lume. 2015-atualmente (41ª edição). ISBN: 978-85-08-17345-7. Capa de Marcelo Martinez, baseado em ilustração original de Edmundo Rodrigues. [+ CAPAS DA COLEÇÃO VAGA-LUME]

A ilha perdida. Maria José Dupré. Editora Abril Educação. Capa de Edmundo Rodrigues (ilustração).
A ilha perdida. Maria José Dupré. Editora Abril Educação. Capa de Edmundo Rodrigues (ilustração).

A ilha perdida*. Maria José Dupré. Editora Ática. Série Vaga-Lume. 2008-2014 (40ª edição). ISBN: 978-5-08-14410-5. Capa de Edmundo Rodrigues (ilustração). Ilustrações de Edmundo Rodrigues. *Edição Comemorativa dos 35 Anos da Série Vaga-Lume.
A ilha perdida*. Maria José Dupré. Editora Ática. Série Vaga-Lume. 2008-2014 (40ª edição). ISBN: 978-5-08-14410-5. Capa de Edmundo Rodrigues (ilustração). Ilustrações de Edmundo Rodrigues. *Edição Comemorativa dos 35 Anos da Série Vaga-Lume.

A ilha perdida. Maria José Dupré. Editora Ática. Série Vaga-Lume Júnior. 2000-atualmente (39ª edição). ISBN: 978-85-08-14341-2. Capa de Edmundo Rodrigues (ilustração). Ilustrações de Edmundo Rodrigues
A ilha perdida. Maria José Dupré. Editora Ática. Série Vaga-Lume Júnior. 2000-atualmente (39ª edição). ISBN: 978-85-08-14341-2. Capa de Edmundo Rodrigues (ilustração). Ilustrações de Edmundo Rodrigues*. *Para as edições de A ilha perdida na Série Vaga-Lume Júnior, Edmundo Rodrigues desenhou novas e coloridas ilustrações, baseadas nas ilustrações que ele havia criado para a Série Vaga-Lume. [+ CAPAS DA COLEÇÃO VAGA-LUME JÚNIOR]

A ilha perdida. Maria José Dupré. Editora Ática. Série Vaga-Lume. 1999 (38ª edição). ISBN: 85-08-02681-1. Capa de Edmundo Rodrigues (ilustração) e Ary Almeida Normanha (leiaute). Ilustrações de Edmundo Rodrigues.
A ilha perdida. Maria José Dupré. Editora Ática. Série Vaga-Lume. 1999 (38ª edição). ISBN: 85-08-02681-1. Capa de Edmundo Rodrigues (ilustração) e Ary Almeida Normanha (leiaute). Ilustrações de Edmundo Rodrigues.

A ilha perdida. Maria José Dupré. Editora Ática. Série Vaga-Lume. 1993-1998 (29ª a 37ª edição). ISBN: 85-08-02681-1. Capa de Edmundo Rodrigues (ilustração) e Ary Almeida Normanha (leiaute). Ilustrações de Edmundo Rodrigues.
A ilha perdida. Maria José Dupré. Editora Ática. Série Vaga-Lume. 1993-1998 (29ª a 37ª edição). ISBN: 85-08-02681-1. Capa de Edmundo Rodrigues (ilustração) e Ary Almeida Normanha (leiaute). Ilustrações de Edmundo Rodrigues.

A ilha perdida. Maria José Dupré. Editora Ática. Série Vaga-Lume. 1973-1992 (5ª a 28ª edição). ISBN: 85-08-02681-1 (a partir de 1989). Capa de Edmundo Rodrigues (ilustração) e Ary Almeida Normanha (leiaute). Ilustrações de Edmundo Rodrigues.
A ilha perdida. Maria José Dupré. Editora Ática. Série Vaga-Lume. 1973-1992 (5ª a 28ª edição). ISBN: 85-08-02681-1 (a partir de 1989). Capa de Edmundo Rodrigues (ilustração) e Ary Almeida Normanha (leiaute). Ilustrações de Edmundo Rodrigues.

A ilha perdida. Sra. Leandro Dupré. Edições Saraiva. 1959/1965 (2ª e 3ª edição). Capa e ilustrações de Nico Rosso.
A ilha perdida. Sra. Leandro Dupré. Edições Saraiva. 1959/1965 (2ª e 3ª edição). Capa e ilustrações de Nico Rosso.

A ilha perdida. Sra. Leandro Dupré. Editora Brasiliense. 1944 (1ª edição). Capa e ilustrações de André Le Blanc.
A ilha perdida. Senhora Leandro Dupré. Editora Brasiliense. 1944 (1ª edição). Capa e ilustrações de André Le Blanc.

Outras informações

Personagens: Henrique, Eduardo, Quico, Oscar, Vera, Lúcia, Pingo (cachorro), Pipoca (cachorro), Tupi (cachorro), Padrinho, Madrinha, Eufrosina (cozinheira), Bento (filho de Eufrosina), Nhô Quim (vaqueiro), Simão, Boni (papagaio de Simão), Um-Dois-Três-Quatro-Cinco (micos), Lucas (veado), Seu Viriato (fazendeiro vizinho), Tomásio (empregado da fazenda).

Conteúdo (16 capítulos): (1) A ilha perdida, (2) Na ilha, (3) A noite na ilha, (4) A enchente, (5) Abandonados, (6) A ilha tinha habitantes, (7) Henrique pensa que está sonhando, (8) A estranha vida do homem barbudo, (9) No mundo da macacada, (10) Henrique continua prisioneiro, (11) Morte na ilha, (12) A volta, (13) As histórias de Henrique, (14) Vera e Lúcia, Pingo e Pipoca chegam à fazenda, (15) A expedição, (16) Henrique sente saudades.

Na década de 1980, a série Vaga-Lume trazia uma sinopse da história no formato de histórias em quadrinhos na orelha do livro através do personagem Luminoso, o mascote da coleção. Tais quadrinhos eram assinados por Edu. Segue o texto da orelha de A ilha perdida:

Oi, estou aqui de novo pra anunciar A Ilha Perdida. Nessa história todo mundo fala de uma ilha, mas ninguém sabe nada. Tudo lá é mistério. Até que Henrique e Eduardo, garotos como você, resolvem descobrir seus segredos. Arrumam uma canoa e partem pra aventura. Por que você não embarca com eles? É só começar a ler este livro, bicho. 

Um comentário: