DOLORES: ALUGA-SE UM QUARTO NUM APARTAMENTO DE FAMÍLIA


Autor: Kadu Lago
Editora: Scortecci
Período de Publicação: 2005
Arte da Capa: -

Para visualizar capas de outras edições brasileiras desse livro, clique AQUI.

Edição Original: Dolores: Aluga-se um Quarto Num Apartamento de Família, 2005, Brasil, Editora Scortecci.










Site do Autor (2012): Dolores: Aluga-se um quarto num apartamento de família nasce da ânsia de um autor, que busca e encontra nos lugares mais comuns de uma grande metrópole, vidas díspares inseridas na paisagem da cidade. Vidas essas, que consomem seus dias e passam tão despercebidas, que são como se não existissem. Assim dá-se ao parto de Dolores, Léo e Letícia, dentro de um apartamento que poderia ser de qualquer um de nós. E mesmo achando que estamos distantes dele, é impossível não enxergar a semelhança com os apartamentos em que guardamos nossas vidas, nossos medos, nossos sonhos passados, nossas desilusões presentes e o futuro amarrado a um fio de esperança. Inquietudes como estas foram o que levou, em primeiro tempo, o autor a vasculhar classificados de jornais em busca de apartamentos. E num segundo, já em contato com os apartamentos, a acirrar a procura pela história que se encaixaria nas suas perturbações. A partir de um acordo de aluguel de um quarto num apartamento de uma senhora, o qual viria dividir com uma moça, o autor passa a ver a história, que estava em busca, se desenrolar entre as paredes de onde seria, por 8 meses, a sua casa, mais não um lar. E foi no meio de um convívio difícil de três pessoas de culturas diferentes, idades muito distantes e visão de mundo tão distintas, que o autor descobre que os medos, os anseios, os sonhos e as desilusões se misturam e se consomem e acabam por consumir a casa onde moram. As situações aqui expostas arrastam um realismo tão cheio de poesia, humor e loucura, que acaba por fazer com que o fio que divide a ficção da realidade, seja uma coisa muito pequena.

Nota:
Dolores é uma peça teatral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário