Deus me livre! (Luiz Puntel)

capa 1 (1984-1991)
Capa criada por Milton Rodrigues Alves (ilustração) e Ary Almeida Normanha (layout) para o livro Deus me livre!, do escritor brasileiro Luiz Puntel (1949-xxxx), publicado no Brasil entre 1984 e 1991 [capa 1] e entre 1992 e 2000 [capa 2] pela editora Ática, dentro da coleção Vaga-Lume. Publicado originalmente em 1984. Ilustrado por Milton Rodrigues Alves.

Sinopse: Uma praga invade o Beco do Deus me livre e, para se livrarem do inseto, os moradores incendeiam a região — casas e tudo o mais. Mas o garoto Tinho sabia como havia sido provocado aquele desastre e vai investigar. [fonte: site da editora]


Oi, turma! Estamos no Beco do Deus Me Livre, um lugar pobre, mas de gente muito unida. É, mas parece que tem muitas pessoas interessadas nestes terrenos aqui, e elas são capazes de tudo para consegui-los. Aqui mora o Tinho, um garoto que por acaso se envolve numa história perigosa e que para provar sua inocência precisa de muita coragem... E da ajuda de seus amigos também! Pois é, vocês conhecem o ditado: "A união faz a força"? Então vamos ler rapidinho esta história para ver como isso pode acontecer! [fonte: orelha da edição publicada em 1984]
capa 2 (1992-2000)

A capa do livro pela coleção Vaga-Lume sofreu pequenas alterações no layout em 1992 (conforme pode ser visto nesta postagem) e em 2000.
orelha, por Edu

No ano de seu lançamento (1984), Deus me livre! foi premiado pela Biblioteca Internacional para a Juventude, com sede em Munique (Alemanha), onde anualmente são selecionadas as publicações mais importantes de cada país.

O livro é dividido em 22 capítulos: (1) Alguém tem um apagador de memórias?, (2) Maldita mania de ler gibi americano!, (3) Milhares de barbeiros: é a praga!, (4) A situação aqui no favelão é crítica, (5) Se virar para trás, amizade, eu te apago, (6) Tinho, um traidor, (7) Tinho recebe um prêmio, (8) Coroinha? Até papa se fosse preciso..., (9) A polícia aparece e Tinho vai preso, (10) Uma luta movida a paz, (11) No beco, um tesouro escondido, (12) Uma aluna muito "charmosa", (13) Um favo de mel muito amargo, (14) Tinho recebe uma visita, (15) Vespas suicidas visitam o covil do favos de mel, (16) Na pista de dois suspeitos, (17) À procura de um bandidão de bangue-bangue italiano, (18) As dez pragas do Egito, (19) Um bafo de múmia esclarece muita coisa, (20) Piquenique na cama, (21) Senador engole recibo, (22) Tinho, esqueceu alguma coisa?

Conheça outras capas desse título, autor, editora, coleção/série ou capista nos marcadores abaixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário