O enterro da cafetina (Marcos Rey)

Capas do livro O ENTERRO DA CAFETINA (contos), do escritor brasileiro Marcos Rey (1925-1999). A primeira edição do livro foi publicada no Brasil em 1967.

COMPRE o livro, clicando aqui.  

Global Editora, Coleção Marcos Rey, 2005
Editora Círculo do Livro, 1978/1986-1990
Editora L&PM, junho de 1978
Editora Edibolso, 1977
Editora Civilização Brasileira, Coleção Vera Cruz (Nº 124), 1967 

Coletânea de contos protagonizado pelos habitantes da vida noturna da cidade de São Paulo: cafetinas, gigolôs, prostitutas, boêmios, guerrilheiros, alcóolatras, entre outros. O livro é composto por 7 contos: "O enterro da cafetina", "Mon Gigolo", "O guerrilheiro", "Traje de rigor", "Sonata ao luar", "O casarão amarelo" e "Noites de pêndulo".

COMPRE o livro, clicando aqui.   

O enterro da cafetina ganhou o Prêmio Jabuti 1968 na seção Contos/Crônicas/Novelas.

O conto "O enterro da cafetina" foi adaptado pelo cinema brasileiro em 1971 (O enterro da cafetina), além de ser um dos episódios (O enterro da cafetina, exibido em 22/10/2002) da série de TV "Brava Gente" (2000-2003), produzida e exibida pela Rede Globo de Televisão. O protagonista do conto "Mon gigolo", Mariano, protagonizou o romance seguinte do autor, Memórias de um gigolô (1968).

Nenhum comentário:

Postar um comentário