O escaravelho do diabo (Lúcia Machado de Almeida)

Capa criada por Sérgio Cáfaro Furlani (ilustração) e Ary Almeida Normanha (layout) para o livro O escaravelho do diabo, da escritora brasileira Lúcia Machado de Almeida (1910-2005), publicado no Brasil entre 1974 e 1981 pela editora Ática, dentro da coleção Vaga-Lume. Publicado originalmente em 1955. Ilustrado por Sérgio Cáfaro Furlani.

SinopseVítimas ruivas recebem um escaravelho antes de serem assassinadas. Essa é a única pista de que Alberto dispõe para chegar àquele estranho criminoso. Qual a relação entre ruivos e escaravelhos? Quem será o próximo? [fonte: site da editora, link visitado em março de 2014]

A partir de 1982, a editora alterou a ilustração da capa do livro na coleção. A nova ilustração foi desenhada por Mario Cafiero, que também desenhou novas ilustrações internas. Com a nova ilustração, a capa voltaria a passar por alterações no layout em 1993, 1999 e 2011.

A narração do livro se passa na fictícia cidade de Vista Alegre. A história é protagonizada por Alberto, um estudante de Medicina, e Inspetor Pimentel, que investigam uma série de assassinatos de pessoas ruivas na cidade. Os suspeitos de cometer o crime são moradores da casa da irlandesa Cora O'Shea: o americano Phillip Gedeon, o suíço Jean Graz, Verônica, a copeira Elza e o cozinheiro. As vítimas do assassino durante a narrativa são: Hugo (irmão de Alberto), Clarence (filho de Cora), Maria Fernanda (cantora de ópera), Rachel Saturnino e Padre Afonso. Outros personagens que aparecem ou são citados no livro são os pais de Alberto, os empregados da casa de Alberto e da pensão de Cora, Jairo Saturnino (pai de Rachel), Lia (irmã de Rachel), Marmaduke (filho mais velho de Cora), Sr. Ravic (namorado de Rachel), Dora Costa (amiga de Rachel), Carlos (amigo de Hugo), um amigo de Alberto, Carlito (um garoto de 11 anos), Mrs. Juell (a pianista), Nilza (enfermeira), Silva (subinspetor), Carmela, Paula, Seu Inácio (vizinho de Alberto), Cristóvão Leite (zelador) e outros funcionários do zoológico (porteiro e segurança), Nathalie, Rudolf Bartels (cientista), Dr. Jean Renaud (médico), Professor Kurt von Richter e Hans Schultz (assistente de Rudolf). O personagem Inspetor Pimentel apareceu como investigador em outro livro da escritora, Spharion, publicado originalmente em 1979.

O livro é dividido em 24 capítulos: (1) O mensageiro da morte, (2) Os hóspedes da irlandesa, (3) A espada espanhola, (4) Clarence O'Shea, (5) Hipophenemus toxicodendri, (6) Suspeitas, (7) Alberto prepara a máquina fotográfica, (8) Uma praça de touros em Sevilha..., (9) A zarabatana fatal, (10) O pássaro fatal, (11) O visitante noturno, (12) As cabeleiras vermelhas, (13) O besouro de papelão vermelho, (14) O "inseto" age, (15) Entre a vida e a morte, (16) Rachel fala do "inseto", (17) Pânico na cidade, (18) A sombra, (19) As luvas vermelhas, (20) Aperta-se o cerco, (21) O último ruivo, (22) O Bembidion ustulatum, (23) Intermezzo, (23) O "Ignicornius diabolicus", (24) Os passos de Rudolf Bartels.

Conheça outras capas desse título, autor, editora, coleção/série ou capista nos marcadores abaixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário