A insustentável leveza do ser (Milan Kundera)


Capa criada por Enio Squeff para o livro A insustentável leveza do ser, do escritor tcheco Milan Kundera (1929-xxxx), publicado no Brasil em 1986 pela editora Rio Gráfica, dentro da coleção Grandes Sucessos da Literatura Internacional (Nº 1). Traduzido do original Nesnesitelná Lehkost Bytí (1984) por Teresa Bulhões Carvalho da Fonseca.

Sinopse: "Os tchecos só tem uma história, ela terminará um dia como terminará a vida de Tomas, sem que seja possível repeti-la uma segunda vez." A partir da vida de suas quatro personagens principais, a ação deste romance acompanha a história recente da Tcheco-Eslováquia. Tomas, médico de Praga passa boa parte do tempo flertando com as mulheres sem jamais se envolver com nenhuma. Tereza, garçonete de uma cidadezinha do interior, buscando, nos espelhos, descobrir sua alma. A pintora Sabrina e seus inseparával chapéu-coco. E Franz, professor universitário suíço que tem uma "fraqueza por todas as revoluções." Nos erros e acertos, alegrias e tristezas de cada um dos protagonistas, Milan Kundera desenvolve uma aguda reflexão sobre a condição humana, contra as certeza pré-fabricadas das ideologias. [fonte: contracapa do livro]

Adaptação no cinema: A insustentável leveza do ser (1988).

Conheça outras capas desse título, autor, editora, coleção/série ou capista nos marcadores abaixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário