O CHAMADO DO MONSTRO


Autor: Patrick Ness
Editora: Ática
Coleção: Z
Período de Publicação: 2011
Arte da Capa: Jim Kay

Para visualizar capas de outras edições brasileiras desse livro, clique AQUI.

Contracapa: A escuridão, o vento, os gritos. Os olhos estatelados, a respiração entrecortada. É o pesadelo de novo, como em quase todas as noites depois que a mãe de Conor ficou doente. A escuridão, o vento, os gritos – e o despertar no mesmo ponto, antes de chegar ao fim. Tudo é tão aterrorizante que Conor não se mostra nem um pouco assombrado quando uma árvore próxima à sua casa – um imponente teixo – transforma-se em um monstro. Além disso, ele precisa lidar com coisas mais urgentes e graves: o reinício dos tratamentos contra o câncer aos quais sua mãe terá que se submeter, a vinda da avó para “ajudá-los”, a permanente ausência do pai desde que ele foi morar com a nova família e a pesada perseguição na escola, da qual é vítima quase todos os dias. Tudo muito mais perturbador do que uma criatura feita de folhas e galhos (mesmo que pulsem e se contorçam). Só que o monstro sabe que Conor esconde um segredo. E isso o torna realmente assustador. Mas por que Conor deveria dar ouvidos a algo que parece imaginado? Por que o monstro parece ser a única criatura a estar ao seu lado diante de seus maiores medos: o de perder a mãe e o de contar a verdade. A ideia central dessa história é da escritora Siobhan Dowd. Morta pelo câncer em 2007, ela não teve, infelizmente, tempo de terminá-la. Então, Patrick Ness recebeu a proposta de desenvolver a trama. Mesmo hesitando no começo, a força da história o cativou. O resultado é O Chamado do Monstro, uma narrativa comovente e verdadeira, escrita sob uma situação-limite e com uma força inesquecível.


Edição Original: A Monster Calls, 2011, Estados Unidos, Editora Walker.
Baseado numa idéia original de Siobham Dowd. Traduzido por Antonio Xerxeneski. Ilustrado por Jim Kay.

Nenhum comentário:

Postar um comentário